Em crise nos estudos: 10 dicas para sobreviver ao TCC

Padrão

Minha banca do mestrado está se aproximando, e… Bem, com isso, vem batendo um certo medinho! hahaha

Assim, procurando me acalmar, resolvi sentar e pensar nas coisas que possivelmente me ajudaram a sobreviver as bancas da graduação e especialização que passei. Vamos lá:

1- Conhecer a banca examinadora: quem são eles? Qual é a linha de pesquisa e área de interesse de cada um?

Procure saber um pouco mais sobre os membros da banca. Quem vai estar te avaliando?

Procure saber um pouco mais sobre os membros da banca. Quem vai estar te avaliando? Qual é a linha de pesquisa que cada um deles segue?

2 – Saber os prazos e datas de entrega e, principalmente, cumpri-los!

Não deixe para terminar tudo em cima da hora. Sério.

Não deixe para terminar tudo em cima da hora. Sério, eu falo isso por experiência (negativa) própria.

3 – Faça uma leitura detalhada do seu trabalho completo, relembre o que você escreveu para não passar apuros na banca.

Faça uma revisão geral do seu trabalho antes da banca.

Faça uma revisão geral do seu trabalho antes da banca.

4 – No dia da banca chegue com antecedência para poder preparar seu computador. Veja se está tudo ok com a apresentação de slides, porque, meu amigo, não há nada pior que tudo dar errado bem na hora da sua apresentação.

Chegue antes para testar os equipamentos e arquivos e assim evitar problemas na hora H.

Chegue antes para testar os equipamentos e arquivos e assim evitar problemas na hora H.

5 –  Leve papel e caneta para fazer anotações dos apontamentos que a banca fizer, assim fica mais fácil de você fazer as correções depois.

Separe papel e caneta para anotar os possíveis apontamentos e correções feitas pela banca.

Separe papel e caneta para anotar os possíveis apontamentos e correções feitas pela banca.

6 – Não fique lendo os slides ou um papel com anotações muito longas, pode pegar mal e dar a impressão de que você não está seguro sobre o que está falando.

Não fique lendo slides ou papeis com anotações quilométricas.

Não fique lendo slides ou papeis com anotações quilométricas.

7- Deu branco? Tudo bem! Respire fundo, pense um pouco e, nesse caso, pode até dar uma olhada num “papel para cola”, mas só para retomar seu rumo, nada de ficar o resto da apresentação lendo um papel.

Deu branco? Tudo bem, pode levar um “papel para cola”/roteiro, mas use-o somente para lembrar do que precisa falar.

Deu branco?
Tudo bem, pode levar um “papel para cola”/roteiro, mas use-o somente para lembrar do que precisa falar.

8 – Saiba como receber críticas. Há momentos em que não é a hora certa para ficar tentando se justificar ou fazer cara feia para um avaliador que disse algo com que você não concorda.

Não fazer cara feia quando algum avaliador estiver falando.

Não fazer cara feia quando algum avaliador estiver falando.

9 – Sério, seja educado e profissional. Não fique fazendo cara feia para a banca. Procure ao menos manter uma expressão neutra.

Agir de maneira cordial e profissional. Por mais que não concorde com as críticas da banca, mantenha-se calmo e cordial.

Agir de maneira cordial e profissional. Por mais que não concorde com as críticas da banca, mantenha-se calmo e cordial.

10 – E tenha fé, no fim vai dar tudo certo e depois é só comemorar!

No fim vai tudo certo! Você vai sobreviver ao TCC!

Você vai sobreviver ao TCC!

Um comentário sobre “Em crise nos estudos: 10 dicas para sobreviver ao TCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *